Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Happy & Healthy

Happy & Healthy


Obras depois dos incêndios

por Happy & Healthy, em 20.10.17

O blog vai voltar em breve, num novo formato. Em breve trarei novidades. Por enquanto, estamos em obras!

 

Até lá, sigam-me no instagram! ;) Até já!


Os 5 erros mais comuns no ginásio

por Happy & Healthy, em 08.12.15

 

Hoje vou-vos falar dos 5 erros comuns no ginásio, com foco na realização de exercícios, embora existam muitos outros mitos em termos de planeamento e nutrição.

 

A regra é: não confiem em tudo o que veêm na internet! Procurem informação segura e fiável (estudos científicos são sempre o que existe de mais fiável), por isso procurem artigos que contenham sempre fundamentos científicos.

   

 

Ver mais )

 


5 motivos para te renderes à corrida

por Happy & Healthy, em 27.10.15

Outubro é o mês do retorno ao trabalho, às obrigações e ao stress. É o mês do já-não-há-desculpas (ainda para mais quando está já a terminar). Com a chegada da rotina, certamente veio também a falta de tempo livre para te manteres em forma. Por isso mesmo, trago-te a solução perfeita: a corrida.

   

Apesar de old school, a corrida está super in, e não é em vão. Trata-se de um exercício muito completo, com inúmeros benefícios, tanto a nível físico como mental. Há cada vez mais adeptos desta prática por todo o país, que se reunem todas as semanas para um treino em conjunto. Procura um grupo na tua cidade ou zona de residência, ou cria mesmo o teu próprio clã, transforma este exercício em algo mais divertido e motivante. O teu corpo agradece.

 

run.jpg

 

 

 

 

Ver mais )

 


Treino em jejum: tudo o que precisas de saber!

por Happy & Healthy, em 25.10.15

jejum.jpg

  

Porquê treinar em jejum?

A moda do treino em jejum tem sido ultimamente amplamente divulgada, levando a que muitas pessoas a experimentem este método. Este é mais utilizado por atletas de culturismo e atletas de desportos individuais de longa distância.

 

Os pressupostos são, teoricamente, a maior utilização da gordura como principal fonte de produção de energia durante o exercício, levando à perda de massa gorda e a maior produção de hormona do crescimento em jejum, ajudando no anabolismo muscular.

     

*

   

 

Ver mais )

 

Conheces algo mais poderoso que um olhar? Um olhar pode ser mil e uma coisas, pode ser sexy, meigo, doce, mortífero, poderoso. O olhar certo pode desarmar-nos em segundos, e, ainda assim, é algo que facilmente nos passa despercebido no dia-a-dia.

 

Por isso mesmo, não vos podia deixar de vos falar na experiência out of the box que foi o The World’s Biggest Eye Contact Experiment, realizado no Porto a 15 de Outubro, após ter percorrido mais de 50 cidades em todo o mundo. Este projeto reuniu tantos participantes quantos se mostraram ao nível do desafio, colocando-os frente a frente, olhos nos olhos, durante alguns minutos, propondo-lhes que sentissem o que cada olhar tinha a dizer.

 

 

Ver mais )



12107281_10153561502110250_7060201971123152524_n.j

   

Ver mais )

 


«Como é que ele tem tempo para tudo?»

por Happy & Healthy, em 13.10.15

Tenho andado a mil à hora e sinto cada vez mais que o tempo não pára para que respiremos, o tempo não espera que nos apeteça sair da cama ou que tenhamos coragem de o enfrentar. E é nesta carruagem em movimento constante, que intercalo fases de letargia, com outras de vontade intensa. Mas quando o motor arranca finalmente, é tal a vontade de viver, de ver, de fazer, que o simples ato de dormir, parece uma necessidade insensata, uma puro desperdício de tempo.

Foi então que decidi ler mais sobre gestão de tempo e a primeira coisa que aprendi foi: o tempo não se gere. O tempo passa e pronto, não se pode gerir. O que podemos de facto controlar é a nossa auto-gestão, o planeamento e o compromisso, e isso sim, faz toda a diferença. De facto, assim como decidir atribuir uns minutos a aprender como fazer uma melhor gestão das minhas atividades, aprendi que essa é a chave de todo o processo. A vida é feita de escolhas, e se não há tempo para tudo, a única solução é ESCOLHER. Deixo-vos umas dicas gerais e sintéticas, para que não percam mais tempo que o estritamento necessário. ;)

blog.jpg

  

  

 

Ver mais )

 


Lançamento da Revista Inomináveis

por Happy & Healthy, em 01.10.15

Começo por pedir imensaaas desculpas por esta ausência prolongada, mas com o início do ano, os trabalhos vieram em avalanche e não há mãos a medir. Além disso tenho andado super entusiasmada (e ocupada) com muitas novidades que se aproximam, aqui mesmo no blog, que vou revelando pouco a pouco (o suspense é essencial). Mas esta não aguento mais!

 

O lançamento de uma nova revista online gratuita apenas de bloggers! Uma revista só nossa! Este foi um grande investimento de criatividade e de muita alma de todos nós. É uma criação exclusiva, de muito bom gosto (e conteúdo obviamente). O Happy & Healthy não podia deixar de dar o seu contributo nesta iniciativa empreendedora, que promete dar não somente um, como muitos e gigantes outros passos no mundo da blogosfera. O resultado final está fantástico, tendo ultrapassado largamente as minhas expectativas iniciais. O nº0 da Revista Inomináveis traz temáticas tão amplas, que acho mesmo que só ler para querer... e sobretudo apreciar.

 

Desafio-vos assim a passar por lá e verem por vocês mesmos AQUI.

 

Até Já*

 

inominaveis.png

 


VivaFit Coimbra, uma equipa criada a pensar em ti

por Happy & Healthy, em 24.09.15

Com o começo do ano letivo e o retorno às rotinas, é essencial que não nos esqueçamos de reservar um tempinho para o exercício físico. Eu sei que o tempo voa, que os afazeres são mais que muitos, e que nem sempre apetece. Mas não se esqueçam que os corpos de verão se trabalham no inverno. Não há dietas, nem ginásios milagrosos, é essencial persistir, manter hábitos saudáveis.

 

Como sabem, sou adepta do desporto ao ar livre, contudo temos que admitir que, no inverno, a procura de um ginásio se torna essencial para quem não quer depender de interferências climatéricas. Além do mais, uma equipa capaz de nos motivar e de desenhar planos de treino adequados ao nosso corpo é, sem dúvida, uma mais valia para a saúde (e para aquele corpo de sonho... FINALMENTE)!

 

Por todos estes motivos, estou super entusiasmada com a nova parceria do blog, uma marca que considero capaz de trazer tudo isto: um treino completo, equilibrado, sofisticado, divertido, motivador e, acima de tudo, personalizado - VivaFit Coimbra.

 

Se ainda não conhecem, aconselho-vos vivamente a passarem por lá. Porque no ginásio também nos podemos sentir em casa... mas não em qualquer um. ;)

 

vivafit_logo.jpg

 

 

 

 

 


Como ter uma barriga de sonho?!

por Happy & Healthy, em 23.09.15

Sabem aquela gordura abdominal que teima em não desaparecer, apesar de todo o esforço e dedicação?! Podem respirar de alívio pois esse vai passar a ser o menor dos vossos problemas, depois destas excelentes dicas do João Rodrigues. Neste post são desvendados todos os truques para uma barriga de sonho. Depois quero ver os resultados! ;)

 

  

Qual o melhor tipo de treino para acabar com a gordura abdominal localizada?

 

Não existe um tipo de treino mais adequado para perda de massa gorda, o ideal é alternar o treino de resistência muscular com o treino metabólico (hoje em dia comumente referido como o HIIT) e o treino cardiovascular de baixa e/ou moderada intensidade.

 

O treino de força é importante para aumentar o metabolismo e o treino cardiovascular para melhorar a utilização das gorduras como fonte de energia por parte do nosso organismo por isso nenhum deles deve ser desprezado. E não, fazer 200 abdominais por dia não é a solução, pois o gasto calórico é mínimo e estamos a esgotar maioritariamente as reservas dos músculos e não dos adipócitos (células que reservam a gordura).

 

Também não é preciso passar 2h no ginásio ou a correr pois corremos o risco de baixar o metabolismo do organismo e assim que voltarmos a comer, o organismo vai absorver prioritariamente hidratos de carbono e gorduras como “proteção” contra a depleção das reservas energéticas, quase como entrar num “modo de poupança” em que o gasto energético é condicionado e o consumo calórico é promovido (mais fome e absorção prioritária de nutrientes mais calóricos).

 

 

O que devo comer para conseguir perder a gordura abdominal localizada?

 

Além do treino, a nutrição é claramente um fator essencial na perda de massa gorda. Hoje em dia existem muitas dietas, poucas com consistência em resultados ciêntíficos. Aqui o conceito é simples: consumo calórico igual ao gasto – não deve ser inferior pois, caso contrário, baixa o metabolismo do organismo e voltamos a entrar em “modo de poupança” – variedade do tipo de alimentos – não cortar completamente em gorduras ou hidratos de carbono – e o timing das refeições – mais quantidade e hidratos de carbono de manhã e menos quantidade e mais proteínas à noite.

 

A suplementação também é um tópico muito falado mas, para mim, este deve ser um último recurso: se não se treina com quantidade e qualidade aliando uma boa alimentação, não vale a pena sequer pensar em suplementação. Como um conceituado nutricionista dizia “os suplementos são como a aerodinâmica de um carro… só que a maior parte dos atletas faz tuning!”.

No entanto, se realmente apenas o treino e nutrição não forem suficientes, os suplementos mais estudados e provados cientificamente são a cafeína, CLA e L-Carnitina. Deve-se procurar sempre a ajuda de um profissional antes de utilizar suplementação.

 

Além de tudo isto é importante referir que cada pessoa é diferente e questões como a genética e hábitos de vida anteriores pesam nesta questão e nem todos podem obter os mesmo resultados com a mesma rapidez e facilidade. Por isso a paciência e persistência serão o último passo para atingir o êxito. Bons treinos!

  

 

João Rodrigues

Licenciado em Ciências do Desporto e mestre em Treino Desportivo, o João é um especialista entusiasta, dedicado e informado. Incentiva não só à boa forma física, mas sobretudo a um estilo de vida saudável, estando disponível para responder a qualquer questão.
Sigam-no no facebook AQUI.

 

 


Lisboa, menina e moça

por Happy & Healthy, em 20.09.15

11880304_1162004803829177_739768068_n.jpg

 

 

No primeiro domingo pós-férias, já atolado de trabalho, a única salvação são mesmo as memórias dos belos tempos de verão.

 

Um destes fins-de-semana de Agosto passei em Lisboa, para matar saudades. A cidade tem uma luz especial e acho que, no fundo, é o que mais me atrai na capital.

 

Além disso, Lisboa é muito viva e é fácil perdermo-nos com tantas atrações. Por isso, mantenho o meu roteiro habitual, com alguns desvios, de quando em quando, para ver algumas atualizações mais recentes.

 

O meu ponto de partida é o Jardim de São Pedro, simplesmente porque é revigorante começar o dia com uma vista tão poderosa. Daí, desço até à Rua do Alecrim para tomar o pequeno-almoço no Quinoa (infelizmente, desta vez, apanhei-os fechados).

  

Com o estômago aconchegado, subo um pouco para descer novamente, desta vez pelo Chiado, saudando à passagem o Dr. Fernando Pessoa, que gosta sempre de beber o seu cafezinho n'A Brasileira, enquanto aguarda por mais uma tertúlia literária. Depois, atravesso a Rua Augusta, ao som dos incríveis talentos de rua que costumam marcar presença nesta emblemática artéria da cidade. E, quando chego finalmente aos muros do Terreiro do Paço, perco sempre um bom bocado, deslumbrada com o panorâmico Tejo. Uma visão saudosa.

 

Agora, conforme a vontade, tenho dois trajetos possíveis. O primeiro é caminhar em direção a Belém. Gosto de parar para almoçar no Mercado da Ribeira, apesar de ser caótico, especialmente em Agosto, que temos os turistas à perna. Desta vez, escolhi um hambúrguer de bacalhau em pão de caco divinal, que compensou todas as habilidades exploratórias requiridas para arranjar um lugar. De seguida, ora passo no CCB, ora sigo até Alcântara, onde o Lx Factory é paragem obrigatória. Um espaço carismárico, revestido de história e com uma sobredosagem de criatividade por metro quadrado. Saio de lá inspiradíssima.

 

A segunda opção é na direção oposta, no sentido Santa Apolónia, mas com destino a Alfama. Vou lá recordar a simplicidade e a fidelidade à traça portuguesa. Sente-se um bairrismo impressionante e acolhedor por entre as ruas estreitas e coloridas, onde há sempre uma porta entreaberta para uma boa noite de fados.

 

Para terminar o dia, não podia deixar de beber um copo no Bairro Alto e descer até à Rua Cor-de-Rosa, pela Pensão do Amor, um bar peculiar, que serve ótimos cocktails num ambientes burlesco. A noite acaba no Lux e só saio quando a luz me chamar. Aquela luz especial. 

   

11909898_1162004907162500_1489210437_n.jpg

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D