Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Happy & Healthy

Happy & Healthy


Corrida: 11 dicas para recomeçar!

por Happy & Healthy, em 31.03.15

Vou contar-vos uma história!

 

Há cerca de dois anos, estava eu com uns quilinhos a mais do que o desejável. Para mim, mesmo que não concordem, principalmente quando as hormonas atacam, mais fácil que controlar o apetite, é mexer-me! E assim comecei a correr, simplesmente porque era prático. Confesso que a ideia inicialmente me parecia monótona: «Pôr uma perna à frente da outra?», que desinteressante. Contudo, forcei-me a fazê-lo, porque, no fim de contas, era o mais prático e económico. Bastava equipar-me, fazer uns alongamentos e sair de casa. E o que é facto, é que a corrida me conquistou.

 

Corria pela manhã, o sol sempre me deu uma certa energia. Refastelava o meu iogurte natural com banana, morango, cereais, linhaça e nozes, e ia. Com o meu mp3. Ia tão envolta nos meus pensamentos, que nem dava pelo tempo. Quando passava uma música mais energética, eu instintivamente acelerava. Parecia que descarregava o meu stress no movimento, e quanto mais rápido, melhor me sentia. Era quase uma espécie de terapia. E, no fim, depois de todo o suor, de todo o esforço, de três vãos de escada que ainda tinha que subir, estava pronta a enfrentar um dia, cheia de força!

 

Mas, mudam-se os tempos, mudam-se as vontades! E eu, que mudei de cidade, mudei também de hábitos... para pior. Mas está na altura de voltar! Por isso vos digo: não olhem à aparente monotonia da corrida. Experimentem. E, podem sempre alternar com outros desportos que vos pareçam mais atrativos. Nem só de corrida, vive um corredor.

 

correr.jpg

 

 

Aqui ficam algumas dicas para os que, como eu, vão voltar à pista:

 

1. Começar lentamente: Se o corpo não aguenta, é melhor não forçar demasiado. Comece alternando períodos de corrida, com períodos de caminhada, a cada 5 minutos.

 

2. Não esquecer a playlist: Se o problema era a monotonia, então este é um item essencial. Escolha uma playlist bem animada.

 

3. Estabelecer um objetivo: Uma técnica bem simples para manter a motivação e ter a noção do progresso. Pode estabelecer um percurso mais longo, ou uma corrida final, o que interessa é que não desista.

 

4. Arranje um parceiro de corrida: Esta pode ser outra técnica para aumentar a motivação, se tiver um amigo com objetivos semelhantes aos seus.

 

5. Aquecimento e alongamento: São passos essenciais para prevenir lesões e dores muscular. Aquecimento antes e alongamento depois, não esquecer!

 

6. Mantenha uma postura correta: Manter-se direito, com os cotovelos a 90º, facilitará a corrida.

 

7. Variedade, por favor!: Tente alternar no seu circuito corrida rápida, lenta, em terreno plano ou inclinado. Esta técnica permitirá um treino mais completo.

 

8. Adicione alguns exercícios localizados: Potenciará o seu treino e ajudará a notar os resultados mais rapidamente.

 

9. Pare lentamente: Não passe de uma corrida acelerada para o repouso total. Termine com uma caminhada para diminuir lentamente a frequência cardíaca.

 

10. Refeição e hidratação pós-treino é obrigatória: Depois de um gasto energético elevado, tem que repor as reservas do organismo, mas com escolhas saudáveis, para não estragar o trabalho feito.

 

11. Mantenha os seus pés felizes: Algumas técnicas simples são fazer rolar debaixo dos pés uma garrafa de água freca, uma bola de golfe ou uma bola de ténis. Faça-o algumas vezes por semana. Eles agradecem.

Como vocês já sabem, ando sempre à procura de novas ideias para abrir o apetite logo de manhã. Foi então que encontrei esta receita de panquecas de iogurte que parece deliciosa e saudável, para um pequeno-almoço diferente. Só pelo aspeto, já fico com água na bocas. E vocês?

as9.png

  

As91.png

 

Panquecas de iogute e banana (versão Happy & Healthy)

 

Ingredientes:

  • 1/2 chávena de farinha integral
  • 1/2 chávena de farinha com fermento
  • 1 chávena de leite magro (ou de amêndoa)
  • 1 ovo
  • 2 colher (chá) de canela
  • uma pitada de sal
  • 1 iogurte natural magro
  • 1 banana cortada em fatias finas

 

Confeção:

Num recipiente, junte todos os ingredientes, de forma a obter uma massa homogénea. Use uma frigideira anti-aderente, para a confeção, retirando-as quando estiverem douradas. Evite o uso de gordura, mas caso necessite de facto, opte pelo azeite.

 

Créditos de imagem | Às Nove no Meu Blog


Desafio 6: Entre em forma, em apenas 20 minutos!

por Happy & Healthy, em 29.03.15

O treino de hoje, que retirei do Pop Sugar, é muito simples e prático. Além de melhorar a capacidade cardiovascular, tem também treino muscular. 

Reserve, pelo menos, 20 minutos hoje para fazer este treino. Basta ligar a música e fazer os exercícios esquematizados durante o tempo recomendado. Se quiser um treino mais intenso, faça algumas repetições dos exercícios.

 

w1.png

  

w2.png

  

w3.png

  

w4.png

   Nota: Neste exercício, deve alternar as pernas.

w5.png

  

w6.png

  

w7.png

 

w9.png

  Nota: Pode usar uma escada.

w8.png

Bom treino!

 


Vegetais no Forno - 6 Regras de Ouro

por Happy & Healthy, em 28.03.15

Tenho andado sem apetite para vegetais. Normalmente faço uma sopa que como a todas as refeições, porque é uma forma prática, rápida e saborosa de integrar estes alimentos na minha dieta, pois uma sopa aconchega sempre o estômago. Muitas vezes à noite como só a sopa com a fruta.

 

Porém, andava já há algum tempo à procura de outras dicas para variar as formas de consumir vegetais, também para inserir novas variedades à minha alimentação. E eis que encontrei estas dicas de Allison Romain para assar vegetais. Já o tinha feito algumas vezes, contudo confesso que variavam muito os resultados, tanto ficavam deliciosos, como outras vezes corria mal a experiência. Se tem o mesmo problema, estas regras podem salvar-lhe o dia... ou por outra, o jantar!

 

vegetais.jpg

 

1 - Cortar com precisão

Cortar os vegetais em pedaços de tamanho semelhante é importante para que cozam uniformemente. Muitas vezes com a pressa saltamos este passo.

Contudo, há também vegetais que ficam muito bem assados inteiros - cenouras "bebés", por exemplo.

 

  

2 - Cuidado com a quantidade de azeite que adiciona

Os vegetais não têm as mesmas necessidade em termos de gordura, para a sua cozedura no forno. Vegetais mais porosos, nomeadamente cogumelos ou berinjela necessitam um pouco mais. Distribua cerca de 2 colheres de azeite para um tabuleiro, de forma uniforme, para obter vegetais ligeiramente brilhantes.

Pode também optar por regar com um pouco de sumo de limão ou de laranja, ao invés de azeite.

 

 

3 - Dê espaço aos vegetais!

Os vegetais precisam de espaço! Se estiverem muito sobrepostos, ao libertarem vapor de água, vão-se tornar moles, o que não queremos. Para vegetais mais estaladiços, devemos deixar um pouco de espaço entre os vegetais.

 

 

4 - Calor, muito calor

Para vegetais estaladiços, caramelizados e cozinhados por dentro, devem ser assados a uma temperatura elevada - 400-450 ºC, durante 35-45 minutos.

 

 

5 - Não se esqueça de os virar

Dê uma leve agitadela ao tabuleiro, ou vire os vegetais a meio do tempo. Não vamos querer distinguir os versos da moeda.

 

 
6 - O tempero é tudo.

Não se esqueça de usar e abusar de ervas aromáticas. Dão outro gosto aos vegetais, o que é muito importante para nos incentivar ao seu consumo, já que os vegetais devem representar uma percentagem importante da alimentação, devemos aprender não só a consumi-los, mas também a saboreá-los e a cozinhá-los de uma forma que nos agrade.

 

 


Maratona da Saúde - Diabetes, sempre à espreita

por Happy & Healthy, em 27.03.15

De vez enquando, a televisão portuguesa até consegue ter iniciativas produtivas. E já que somos tão bons a criticar o que está mal, também devemos elogiar quando está bem, não acham?

 

Está neste momento a decorrer na RTP1 uma "Maratona da Saúde", um programa a alertar para a Diabetes Mellitus, e angariar fundos para a investigação científica nesta área, fundamental para que surjam novas opções terapêuticas. Qualquer um pode fazer o seu donativo, na quantidade que desejar.

 

A diabetes é uma doença crónica com uma prevalência importante no nosso país, muito em consequência do estilo de vida errado que adotamos. Tal como alertaram no programa, com uma alimentação adequada e exercício físico, podemos reduzir em 80% a probabilidade de desenvolvermos diabetes. Esta é uma doença com possíveis consequências graves para a pessoa, que passam por cegueira, doenças cardíacas e vasculares, que podem obrigar à amputação, entre outras. É necessário estarmos alerta!

 

diabetes.jpg

 

Se tiver curiosidade, pode calcular o seu risco de vir a desenvolver diabetes através deste teste. Some o número de pontos correspondentes à sua resposta em cada pergunta. Não salte perguntas.

 

1 - Qual é a sua idade?

  • Menos de 40 anos (0 pontos)
  • 40-49 anos (1 ponto)
  • 50-59 anos (2 pontos)
  • Mais de 60 anos (3 pontos)

  

2 - Qual o seu sexo?

  • Masculino (1 ponto)
  • Feminino (0 pontos)

 

3 - Se é mulher, já teve diabetes gestacional (diabetes na gravidez)?

  • Sim (1 ponto)
  • Não (0 pontos)

 

4 - Algum dos seus pais ou irmãos (de sangue) têm diabetes?

  • Sim (1 ponto)
  • Não (0 pontos)

 

5 - Já foi diagnosticado com Hipertensão Arterial?

  • Sim (1 ponto)
  • Não (0 pontos)

 

6 - É fisicamente ativo?

  • Sim (1 ponto)
  • Não (0 pontos)

  

7- Qual é o seu peso?

  • Some a pontuação correspondente à sua coluna na tabela.

  

 

 

tabela.png

 

Resultado:

 

Se o seu resultado foi igual ou inferior a 4:

Parabéns, tem um baixo risco de desenvolver diabetes. Controle os seus fatores de risco e mantenha um estilo de vida saudável e ativo para manter o seu risco baixo.

 

Se o seu resultado foi igual ou superior a 5:

Cuidado! Tem um elevado risco de desenvolver diabetes. Consulte o seu médico rapidamente para que ele o possa acompanhar e evitar que venha a sofrer da doença.

 

 


Desafio 5: Dance in your underwear!

por Happy & Healthy, em 24.03.15

Aposto que as vossas cabecinhas já estão a imaginar algo deste género:

 

dance.jpg

 

Ahahahah... Terá sido esta imagem que vos passou pela cabeça quando leram o titulo do novo post? Nada contra! Quem quiser, esta à vontade! Para os mais tímidos, talvez seja mais sensato a seguinte ideia:

 

 

 

 

***

 

 

Inspirado neste post do blog Incompleto, o próximo desafio serve para desanuviar dos dramas do dia-a-dia! Porque todos devíamos dançar nus pela casa!! ;)

 

Desafio : Reserve um momento do seu dia para pôr o som no máximo e dançar sozinho ou acompanhado, vestido ou nu, durante no mínimo 30 minutos. Freestyle! Porque dançar faz bem a tudo!

 

 

 

Depois digam-me qual foi a sensação!! ;)


Desafio 4: Entra no verão a dançar!

por Happy & Healthy, em 18.03.15

Caros leitores,

 

Estão-me a parecer muito preguiçosos! Onde está essa vontade de estar em forma? Corpo são, mente sã! E não me venham dizer que não têm tempo, porque o treino de amanhã demora 30 minutos, e é super animado.

 

dança.jpg

 

 

Encontrei os vídeos da Keaira LaShae quando procurava uma aula de dança no youtube e fiquei fã. Ela motiva bastante e os passos são muito simples. O treino, apesar de puxado, é muito divertido. Como tal, é o que vos aconselho para amanhã, para um corpo e espírito renovados. Digam-me o que acharam!

 

 

Nota: Se considerarem o treino demasiado intenso, não desistam. Façam os passos mais devagar e tentem um segundo, terceiro, quarto treinos ao longo da semana até conseguirem o ritmo que vos é pedido.

 

Bom treino!

 


#15semanasparaoverão: O treino ideal!

por Happy & Healthy, em 14.03.15

O que acharam do treino anterior? Aguentaram?

 

 

 

Está na altura de um novo treino! Este vídeo é excelente, faço-o muitas vezes. É bastante completo - trabalha a parte cardiovascular, mas também alguns grupos musculares que nos interessam manter em forma, noto logo o efeito. Dura cerca de menos de 40 minutos. Prontos?

 

 


#15semanasparaoverão: Desafio 2 - Treinar em casa

por Happy & Healthy, em 09.03.15

O que vos proponho para amanhã é um circuito básico para fortificar algumas áreas específicas do corpo. É aconselhável alternar treino cardiovascular com exercícios localizados. Portanto, vamos lá pôr isso em prática! Os exercícios são super práticos e não necessitam de equipamento, podem ser feitos em casa.

 

Este é um treino muito leve, ideal para iniciantes, para quem já não faz exercícios há algum tempo. Para quem quer um pouco mais intensivo pode fazer mais repetições.

 

O desafio consiste em fazer uma vez estes quatro vídeos, com o número de repetições indicadas no vídeo. Ponham uma música energénita, não se esqueçam de alongar e...Bom treino ;)

 

 

 

 

  

 


#15semanasparaoverão: Desafio 1

por Happy & Healthy, em 08.03.15

Que tal aproveitar o dia soalheiro para darem uma caminhada? Está na altura de pôr em prática o plano de preparação para o verão. Pensavam que vos ia pôr já a correr e que tinham a desculpa de não estarem "preparados", não era?

 

Pois bem, acho que todos (ou a maioria) conseguem andar! E não vale de carro!

 

Desafio 1: Procure um sítio agradável da sua localidade, se puder ser aquele sítio onde nunca foi, ou gostava de ir mais vezes - um parque, a beira-rio, o que quiser. Dê uma caminhada até lá de cerca de 1 hora. Se for mais perto, faça desvios, vá pelo caminho mais longe. Se for mais fácil, arranje uma companhia. Quando lá chegar relaxe e desfrute!

 

Pág. 1/2

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D