Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Happy & Healthy

Happy & Healthy


Uma barriga lisa e três panquecas de beterraba

por Happy & Healthy, em 30.07.15

Há acontecimentos na vida de uma mulher que nunca passam despercebidos ao mau humor matinal. Um deles é, sem dúvida, acordar com a barriga lisa, é ou não é? Hoje foi, para mim, um desses dias soalheiros e, claro, tinha que comemorar.

 

Elegi então três deliciosas panquecas de beterraba que, embora nunca tivesse provado, estavam no topo da minha lista para novas experiências, e devo dizer que estiveram à altura do acontecimento (aquela cor rosa deixa-me maravilhada). Fi-las acompanhar de iogurte magro misturado com 1/2 banana esmagada, polvilhando por fim com sementes. Esta manhã mereceu! :)

  

 

 

 

 

 

 

Ingredientes

  • 1/2 beterraba média em puré
  • 1 chávena de leite magro (ou bebida de aveia)
  • 1 ovo
  • 1/2 chávena de farinha
  • 1/2 chávena de farinha integral
  • 1/2 banana esmagada
  • 1 colher de sopa de mel (opcional)
  • 1 colher de sopa de canela
  • Sal a gosto

 

Preparação

  • Cozer a beterraba no lume ou no forno até ficar macia. Reduzir a puré.
  • Juntar todos os ingredientes e até obter uma massa homogénea
  • Use uma frigideira anti-aderente ou o forno para obter as panquecas finais, evitando o uso de gorduras na sua confeção.

 

Já sabem que adoro panquecas saudáveis ao pequeno-almoço. E vocês, também comemoram estas pequenas vitórias? ;)

 

 

Segue-me também aqui: FACEBOOKINSTAGRAM | BLOGLOVIN

Olá, olá. Hoje no Dias Saudáveis falámos sobre ser ou não adepto de cozinha vegetariana. Como já disse por aqui, faço algumas vezes pratos vegetarianos, embora não integralmente. Mas faço porque gosto de novos sabores e de aproveitar alguns dos seus benefícios, mesmo que pontualmente.

 

Hoje, para o jantar, escolhi uns deliciosos hambúrgueres de feijão e aveia, super práticos, permitindo ainda congelar para outras refeições. Acompanhei-os de uma colorida salada de vegetais, regada por frutos secos, azeite e sumo de limão.

  

O feijão é um elemento importante na cozinha vegetariana, devido ao seu elevado teor de proteína e fibra, sendo uma mais valia para quem sofre de prisão de ventre. Além do mais, ganha por ser pouco calórico (100 kcal/100g) e por possuir fitoquímicos que lhe proporcionam atividade anti-cancerígena. Assim, as leguminosas, como o feijão, devem fazer parte da alimentação diária, mesmo para os não vegetarianos. Fica a sugestão para usufruirem destas propriedades. ;)

  

11793231_1151948371501487_2084748412_n.jpg

 

11816041_904198949640035_825880269_n.jpg

 

Ingredientes:

 

- 2 chávenas de feijão cozido;

- 1 Pimento;

- Especiarias q.b. - pimentão doce, caril, coentros, açafrão, oregãos, gengibre, pimenta branca;

- 1 cebola picada;

- 2 dentes de alho picados;

- Flocos de aveia q.b.;

- Pão ralado q.b.;

- Sal q.b.

- Azeite q.b.

 

 

Preparação:

 

- Refogar o pimento, a cebola e o alho, num fio de azeite;

- Quando alourarem, juntar o feijão e as especiarias. Deixar que o feijão absorva o sabor dos condimentos;

- Retirar o preparado do lume e passar com a varinha mágica até formar uma pasta (pode-se optar por não passar bem, de modo a dar alguma textura);

- Na mão, juntar um pouco de feijão com flocos de aveia, de modo a aumentar a consistência;

- Polvilhar com pão ralado, formando um hamburguer;

- Levar a uma frigideira anti-aderente, ou ao forno a 175ºC, virando de lado a meio do tempo.

 

  

O blog no: FACEBOOKINSTAGRAM | BLOGLOVIN

 


Nice to meet you

por Happy & Healthy, em 26.07.15

Um ano. Já passou um ano desde que criei o blog. Inicialmente como um simples hobbie, sem um conceito ainda bem definido, mas hoje sinto que a ideia começa a ganhar forma e trajetos bem mais concretos. Sinto-me cada vez mais entusiasmada e com algumas novidades em cima da mesa

 

Quando iniciei não me quis expor. Mas hoje, um ano depois, já me sinto à vontade para me apresentar a mim e aos contornos deste destino online - se repararem há um novo separador, onde podem saber o principal SOBRE o blog e a sua autora. Para saberem um pouco mais, basta ler alguns dos 158 posts que colecionámos ao longo deste ano... :)

 

Antes de terminar, tenho mesmo de agradecer todo o carinho e incentivo que tenho recebido da vossa parte e dizer que estou também muito recetiva a sugestões, inspirações, opiniões. Para incentivar esta partilha, criei um grupo no facebook - Dias Saudáveis -. Se for um tema que vos interesse, venham trocar ideias. :))

  

Até já*


Sobre

por Happy & Healthy, em 26.07.15

DSC09911.JPG

 

Happy & Healthy é um lugar livre e leve. Um lugar para todos os que desejam encontrar um equilíbrio na alimentação, no desporto, no presente e no futuro, na vida. Este é um blog arejado, que pretende inspirar, motivar e partilhar, sem sensionalismos ou extremismos - o equilíbrio deve ser também realista e prático.

 

Criei-o porque me dá imenso prazer escrever, no geral, e sobre isto, em particular. Quis quase uma espécie de diário, da minha constante procura e aprendizagem, na saúde, na nutrição e no dia-a-dia.

 

É também esta a minha área de formação. Hoje reparto as minhas semanas por Coimbra, cidade de berço e de coração, e pela portuária invicta, onde estudo Medicina. Levo comigo, nesta bagagem de 23 anos, uma licenciatura em Ciências Biomédicas e um ano de vivências por entre os leques da cultura espanhola. Todas estas experiências me construíram e influenciam, hoje, aquilo que vos escrevo.

 

Obrigada por me lerem. :)

 


As 7 maravilhas da água com limão

por Happy & Healthy, em 24.07.15

Certamente desse lado já ouviram falar das maravilhas da água de limão em jejum, embora, muito provavelmente, não saibam ao certo de que maravilhas se tratam. Eu elucido-vos. ;)

 

Eu própria já bebi desta fonte, há cerca de 3 anos, altura em que as análises acusaram uma subida de colesterol - os genes não perdoam. Foi então que ouvi falar numa mesinha caseira que envolvia regar um copo água de beringela, com umas gotas de limão, e beber em jejum. Verdade ou não, em conjunto com alteração do estilo de vida, o facto é que o colesterol baixou.

 

Não sejamos, contudo, sensacionalistas. Penso que a normalização das análises se deveu ao conjunto de todos os fatores. Mas ainda assim, acredito nos benefícios desta técnica.

 

Isto porque a fórmula, apesar de simples, consegue atuar a diferentes níveis. A água, só por si, hidrata o corpo, equilibrando os diferentes sistemas e acordando o organismo. Acho sempre, por bem, beber água pela manhã, mesmo que sem limão. Por outro lado, este citrino, munido de vitamina C e de outros elementos importantes, potencia a ação ao nível do metabolismo, do sistema imunitário, do apetite, etc. Resumo-vos os principais benefícios em 7 áreas de intervenção:

 

  1. Desperta e aumenta os níveis de energia;
  2. Hidrata o corpo;
  3. Rejuvenesce a pele;
  4. Elimina toxinas;
  5. Melhora a digestão;
  6. Auxilia na perda de peso e de colesterol;
  7. Fortalece o sistema imunitário.

 

Como podem ver, parece simples e eficaz!

Sugiro, ainda assim, alguma contenção, dada a acidez da bebida. Como saberão, o pH do estômago também é baixo e, desta forma, deve-se pelo menos fazer um interregno após 1 ou 2 semanas de 'terapia'. Além disso, cada pessoa deve estar atenta aos avisos do seu próprio organismo, com especial precaução para quem sofre de úlceras gástricas, azia ou refluxo gastroesofágico.

Ah, e não se esqueçam, a água deve estar preferencialmente à temperatura ambiente.

 

De resto, parece-me uma boa experiência para este verão. ;)


Inspiração de verão

por Happy & Healthy, em 22.07.15

Senti que precisavam de uma motivação extra desse lado, acertei? Com este calor nem apetece treinar... No verão é fácil desleixarmo-nos, e também o é arruinarmos o esforço de um ano. Mas com as seguintes imagens, não há preguiça que resista. Força! :)

 

6c7871cb754670bb4bae3170d14fae1c.jpg

   

405007_441360759253616_1698522418_n.jpg

    

9ab3a426c8b3399ea440a2f010663e43.jpg

  

fit-spiration-rohn.jpg

     

5696e155bedc02795042e56c64b8ddd7.jpg

 

 

fb02d2a82b326625__3_Pinterest.jpg

  

 

 


A ciência por detrás do gelado de banana

por Happy & Healthy, em 21.07.15

A propósito do mau humor de ontem, queria partilhar convosco um pensamento que tenho desde que existo e de que experiencio o verão - estar deprimido no inverno é bem mais fácil, não concordam?! No verão não podemos quedar-nos em casa, debaixo de um cobertor, a comer bolo quente e a ver filmes com elevado grau de lamechice, à luz calorosa de uma rústica lareira. Será a falta deste ambiente carismático? A dupla calções e gelado não tem o mesmo dramatismo.

 

Há de facto uma explicação científica, para os mais interessados. Vou simplificar: Um dos principais neurotransmissores responsáveis pela sensação de felicidade e de bem-estar é a serotonina. Esta é produzida a partir do triptofano, um aminoácido, além de ser também percursora da melatonina, uma hormona essencial no ciclo de sono.

 

Portanto esta rede: triptofano > serotonina > melatonina, e o facto da luz ser um importante regulador da mesma, explicam muita coisa. Quando a luz está presente, inibe a conversão de serotonina para melatonina. Logo, nas épocas em que estamos mais expostos à luz, como no verão, esta conversão é menor, levando ao acumulo de maiores concentrações de serotonina e, portanto, a uma maior sensação de felicidade. É também esta a explicação para as taxas de doentes com depressão serem, em geral, mais elevadas em países nórdicos, pouco expostos à luz natural.

 

Se não estiverem ainda fartos, digo-vos que a ciência explica também a minha sensação de leveza depois do cremoso gelado de banana. Além de, obviamente eu estar a desforrar um desejo prévio de gelado, que por si só já contribuiria para a minha satisfação, soma-se o facto de a banana ser um alimento rico em triptofano, promovendo assim a síntese de serotonina e, consequentemente, a sensação de bem-estar.

 

Mas termino a análise com boas notícias: Não só a banana tem esta capacidade. Aqui estão 6 outros exemplos a que podem recorrer, caso a bananeira não dê frutos. ;)

 

  

 

1. Sementes e oleoginosas

 

Sementes de chia, de sésamo, de girassol, de linhaça, pistachios, amêndoas e amendoins são fontes de triptofano, a par de outras propriedades bastante benéficas que possuem. É portanto uma boa ideia incluir alguns destes elementos na alimentação diária.

 

 

2. Soja e derivados

 

A soja e derivados, como o tofu, são alimentos bastante ricos em triptofano. Vale a pena considerar uns pratos vegetarianos nos dias mais cinzentos.

 

 

3. Queijo

 

O queijo é outro alimentos bastante rico em triptofano. Devemos ter o cuidado de selecionar aqueles com menor teor de gordura saturada e de açúcar para integrar a nossa alimentação.

 

 

4. Aveia

 

Para além de ser rica em triptofano, a aveia é também uma boa fonte de fibra, contribuindo para a eficácia do trânsito intestinal.

 

 

5. Grão-de-bico

 

Assim como outras leguminosas e lentilhas, o grão-de-bico é rico em triptofano. Estes alimentos são, no geral, ricas em proteina, podendo substituir fontes proteicas animais, como carne ou peixe.

 

 

6. Ovo

 

Aos inúmeros benefícios apontados ao ovo, junta-se também a elevada percentagem de triptofano. Há contudo que ter alguma precaução quanto ao seu elevado teor de colesterol, quando o consumimos no dia-a-dia.

 

 

***

 

Escusado será dizer que alimentos, sensação de bem-estar e qualidade de sono são três items indissociáveis. Se algum falhar, há que procurar a quebra da corrente... :)

 

 

 

Sabem aqueles dias em que o despertador toca, bem mais cedo do que devia, levantamo-nos da cama e tropeçamos no dedo grande do pé? Depois vamos comer cereais e reparamos que o leite acabou. Ficamos chateados e tal, mas lá pegamos no pão de há três dias que está no fundo do armário e, quando o levamos à boca, eis que trincamos a língua. Como se tudo isto não bastasse, está um trânsito caótico, não há lugar para estacionar e o trabalho corre mal. Sabem do que falo? Estão a ver? Pois bem, é oficial: Hoje é um desses dias.

  

Como tal, tomei a decisão mais ajuizada que alguém no meu ideal imaginário devia tomar SEMPRE que tal acontece: fiquei em casa. E fiquei para ficar. Porém, como essa sensata atitude não basta para me fazer esquecer o mau humor inevitável perante tais acontecimentos, tive certamente que me reconfortar com uma taça de gelado caseiro (saudável, obviamente, não vá ficar ainda mais deprimida por me ter permitido uns furos extra de celulite). Devo dizer-vos que o reconforto foi um sucesso e por isso, decidi partilhar convosco esta receita. Garantidamente um elixir para amores de verão falhados, exames chumbados, ou deceções com a vida em geral... ;)

   

 

One-Ingredient Banana Ice Cream

  

 

One-Ingredient Banana Ice Cream

 

 

 

Ingredientes: 1 banana, gotas de limão, leite/bebida vegetal (opcional), toppings à escolha.

 

Preparação:

  1. Cortar a banana às fatias e colocar num tupperware em vácuo no congelador (2 horas serve, mas durante a noite fica melhor);
  2. Uniformizar a banana num processador potente até obter uma massa cremosa, juntando umas gotinhas de limão (se necessário adicionar também leite ou bebida vegetal);
  3. Juntar toppings à escolha (eu escolhi chocolate negro e pedaços de noz);
  4. Comer de imediato ou levar novamente ao congelador (min: 1 hora) para obter maior consistência.

  

 

Créditos de imagem | Simple Vegan Blog

 

 

O blog no: FACEBOOKINSTAGRAM | BLOGLOVIN


Giveaway - Os vencedores!

por Happy & Healthy, em 14.07.15

Que horas são??? São horas de anunciar os vencedores do fantástico giveaway saudável em parceria com a Mamã Natura. Eu sei que já estou teoricamente atrasada (tinha-vos prometido a revelação durante o dia 13). Mas, para vos compensar, e sem mais demoras - porque eu sei que estão em pulgas -, aqui ficam os nomes sorteados:

    

give.jpeg

  

1º prémio: Cabaz saudável da Mamã Natura

 

Diana Barbosa

 

   

2º - 41º Prémios: Vales de desconto na Mamã Natura (veja AQUI a loja online).

 

Alexandra Nocas Reis

Ana Luísa Oliveira

Ana Margarida Monteiro

Andreia Costa

Carla Soares

Catarina Vieira

Cláudia Andrade

Cristina Pinheiro

Daniela Gonçalves

Daniela Novo

Dora Dias

Elisa Silva

Fátima Martinho

Filomena Alpoim

Graziela Costa

Inês Antunes de Caires

Joana Amarela

Joana Peixoto

Joe Gekko

Juliana Macedo

Juliana Oliveira Ferreira

Lígia Magalhães

Margarida Silva

Marisa Rodrigues

Mónica Cristina Souza

Patrícia Dias

Paula Coelho

Pereira Manuel

Rakel Salvaterra

Rita Afonso

Rita Pires

Rute Matos Amaral

Sara Raquel Teixeira

Sílvia Caseiro

Sílvia Helena Gonçalves

Sofia Otto

Sónia Lino

Susana Ribeiro

Tânia Rodrigues

Teresa Paula Simões Fernandes

  

 

Importante:

 

A vencedora do primeiro prémio deve enviar os seus dados e morada para happyandhealthyclub14@gmail.com ou para o facebook (mensagem privada).

 

Os restantes vencedores devem enviar o seu e-mail para happyandhealthyclub14@gmail.com ou para o facebook (mensagem privada).

  

***

 

Obrigada a todos por participarem! Fiquei muito satisfeita ao ver que há cada vez mais pessoas interessadas num estilo de vida saudável. Keep up the good work ;)

 

 

O blog no: FACEBOOKINSTAGRAM | BLOGLOVIN


Proteína Whey: Tudo o que precisa saber

por Happy & Healthy, em 11.07.15

Tenho ouvido falar bastante desta proteína pela internet, não só como forma de suplemento, mas também para adicionar sabor às receitas, o que não me parece o mais adequado. Por este motivo, trago-vos informação mais clara e sintetizada sobre a utilização correta desta proteína.

 

 

Em que consiste a proteína whey?

 

A proteína whey é um suplemento constituído por proteína de leite - extraída do soro do leite durante o processo de transformação de leite em queijo. 

Contêm aminoácidos de cadeia ramificada e glutamina, fundamentais para a hipertrofia muscular.

Não possui gordura ou colesterol.

 

 

Quem deve tomar?

 

Este suplemento deve ser tomado sempre com o acompanhamento de um profissional especializado.

É usado para aumentar a massa muscular, no contexto de exercício físico. Pode então estar indicado para quem pratique desporto E:

 

  • Deseje aumentar a massa muscular;
  • Deseje perder massa gorda, mantendo a massa muscular.

 

 

Quando tomar?

 

A proteína é de rápida absorção e, desta forma, os momentos mais indicados para a ingerir são:

 

  • Nos primeiros 30 minutos após o treino de musculação (janela metabólica);
  • Logo de manhã, pois o organismo esteve sujeito a um longo período de jejum, que pode diminuir o crescimento muscular.

 

  

Como tomar?

 

Há uma panóplia de receitas a circular pela internet - batidos, barrinhas proteicas, etc. Contudo a principal dica consiste em ingeri-la juntamente com hidratos de carbono de absorção rápida - como a fruta -, uma vez que estes aumentam os níveis de insulina, potenciando a entrada de aminoácidos para as células musculares.

  

 

 

E vocês, costumam recorrer a esta proteína? Se sim, de que forma o fazem? Haverá por aí receitas que queiram partilhar? :)
Quero deixar a nota de que esta substância não é inócua. Antes de decidirem tomá-la, por favor informem-se dos seus riscos junto de um profissional especializado.

 

O blog no: FACEBOOKINSTAGRAM | BLOGLOVIN

 

Pág. 1/2

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D