Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Camping Virgin

por Happy & Healthy, em 17.08.15

Eu até queria ir acampar. Não estava super entusiasmada, confesso, a ideia de não ter uma cama fofinha ali ao lado tornou-me um pouco cética em relação à aventura. Mas era o Gerês. O fabuloso Gerês, de paisagens fluidas e montanhosas, de tons castanhos entrecortados por arvoredos verdejantes, e eu não conhecia o Gerês. Foi assim que lá me deixei persuadir.

 

Digo-vos com sinceridade, não foi mau, de todo. Tudo é natureza, é calma, é tranquilo, é lento (por vezes, um pouco demais), mas é lindíssimo. A falta das comodidades habituais dá-nos também outra introspeção. É uma aventura para alguns, um estilo de vida para outros. E, para os menos crentes, o melhor mesmo é experimentar. Aqui ficam umas dicas de iniciante para iniciante! ;)

 

campismo (2).jpg

 

  

1- Façam como eu e juntem-se a um escuteiro

Juro que foi por acaso, mas ir com alguém que tem experiência no assunto dá imenso jeito, acreditem!

  

2- Uma checklist é essencial

Acampar não é como ir para um hotel e dormir no chão. Nada disso. E como tal, fazer a mala exige que não nos esqueçamos de items básicos, como o papel higiénico ou a lanterna.

 

3 - Mas se nos esquecermos de algo, não é dramático

Muitos imaginam-se a acampar no meio da selva, sem nada a que recorrer além de pauzinhos de madeira ou fruta de árvore. Não é nada assim! Na maioria dos parques de campismo há mercearias, restaurantes/cafés, bares, balneários (com água quente!!!!), churrasqueira, piscina, etc. Há civilização, há carros inclusivé. Por isso respirem fundo.

 

4- Atenção às reservas

Geralmente, quando se reserva uma tenda, apenas se está a guardar o espaço para acampar, e não a tenda em si, que se deve trazer "de casa". Este mal entendido aconteceu a um casal jovem de alemães que conheci quando regressava ao Porto e que, perante o sucedido, regressavam também após 10 minutos no Gerês.

 

5 - Tendas impermeáveis, por favor

Pois é amigos, na segunda noite do meu campismo, o tempo não perdoou e estivemos horas a ouvir a chuva cair, lá fora. E, mesmo com uma tenda impermeável, há sempre alguma humidade a passar para o interior, especialmente de lado. Portanto, este é um item importante.

 

6 - Cuidado com os colchões de água

Os imprevistos acontecem, e este aconteceu a um casal estrangeiro que passava uns dias também no parque onde estive. O colchão de água onde dormiam furou durante a noite e, azar dos azares, como choveu toda a noite, tiveram que ficar na tenda até de manhã. Portanto, pensem duas vezes antes de arriscarem...

 

7 - Comer no campismo pode ou não ser saudável, a opção é de cada um

Conservar os alimentos num acampamento pode ser um desafio, devido à dificuldade de refrigeração. Mas há sempre opções saudáveis para confecionar (futuramente no blog partilharei algumas ideias). Além disso, vale sempre a pena levar linhaça ou alimentos laxantes, just in case.

 

  

Como devem ter percebido, o tempo não esteve a meu favor. Se o campismo por si só já era um desafio, a chuva revelou-se uma verdadeira intrusa. E eu, difícil de convencer, desisti à primeira noite ensopada. Ainda assim, gostei da curta experiência no Parque da Cerdeira, com ótimas condições, e espero repetir quando o sol der um ar da sua graça. ;)

 

Segue-me também aqui: FACEBOOKINSTAGRAM | BLOGLOVIN

  

Autoria e outros dados (tags, etc)


16 comentários

Sem imagem de perfil

De Juliana a 17.08.2015 às 12:52

Adorei o post!

Uma dica para conservar alimentos em campismo é colocá-los debaixo da terra bem fechados.
Ou levar um frigorífico portátil e q haja ligação a eletricidade
Imagem de perfil

De Happy & Healthy a 17.08.2015 às 15:03

Boa ideia Juliana ;)
Imagem de perfil

De *Márcia S.* a 17.08.2015 às 15:56

Nunca acampei, mas adorei as dicas. Quem sabe um dia, não arrisco também..
Imagem de perfil

De Happy & Healthy a 18.08.2015 às 00:47

Por que não? :))
Sem imagem de perfil

De Laura a 18.08.2015 às 00:16

Como campista de longa data, fiquei curiosa sobre as dicas básicas de campismo e decidi ler o post. É verdade pessoal, nunca esquecer o papel higiénico!
Confesso que acampar no norte não é das coisas mais fáceis e estamos sujeitos a alguma chuva, por vezes torrencial.

Nesse aspecto o sul de Portugal é mais convidativo, apesar de se ter em atenção em não colocar a tenda num sítio sem sombra entre as 12h e as 15h ou entre as 9h e as 11h por exemplo. Por norma um campista tenta sempre conjugar a sombra com as horas em que irá estar na tenda.

Algo essencial para o campista é o pó para as formigas. Deve-se espalhar uma linha de pó anti-insectos ou formigas à volta da tenda para evitar dormir com os insectos de uma maneira tão literal.

Outra coisa indispensavél são os remendos para o colchão. Já me aconteceu ter de acordar a meio da noite para o remendar porque já estava a dormir no chão, eheheh. Nunca pensei em ler a opção de levar um colchão de água para acampar, o melhor é mesmo um de ar.
Um tubo de fenistil também é o melhor amigo do campista. Não há picada de insecto que resista.

Se sofrem de picadelas de melgas e afins durante a noite, no campismo podem utilizar um difusor eléctrico para repelir as danadas. Todos os parques de campismo em Portugal têm ligações de electricidade, só têm de pedir no acto de inscrição e ligar as vossas caixas eléctricas ou mesmo extensões e ficam com luz na tenda por uma modesta quantia.

Atenção quando compram tendas, comprar umas espias mais afiadas ou mesmo pregos de mais de 15cm extra, porque há parques em Portugal cujo o terreno é muito duro e as espias que vêm com as tendas nem conseguem furar um terreno considerado mole.

Antenção que nem todos os parques têm água quente grátis nos balneários! Existem alguns parques em que se insere uma moeda por X minutos de água quente. O mesmo vai para as sanitas. Por vezes lá encontramos um parque que em vez de sanitas tem arrastadeiras, vocês sabem, uma loiça quadrangular no chão com um buraco no meio. Nesses dias, ganha-se alguma força nas coxas.

Se alguma vez se virem em apuros no campismo, peçam ajuda. Todo o campista gosta de ajudar o próximo. Por norma os campistas da velha guarda (ou seja com mais de 50 anos) estão sempre prontos a ajudar e são pessoas espectaculares, cheias de histórias para contar.

Falta só referir que o campismo selvagem, ou seja fora dos parques ou àreas designadas, é ilegal em Portugal. Se forem apanhados pelas autoridades o mais certo é levarem uma multa.

(Se estiver errada nalgum aspecto, sintam-se à vontade para corrigir.)

Boas férias!
Imagem de perfil

De Happy & Healthy a 18.08.2015 às 00:47

Isto já é a parte 2 do curso de iniciação! :P

Nós para as formigas usámos café (dizem que também as afasta). Ah e já agora se levarem repelente, por favor não o ponham dentro da tenda fechada, especialmente se estiverem mais pessoas lá dentro (sim, também aconteceu, e não foi agradável). :p

Muito obrigada pelas dicas extra Laura, bastante úteis. É sempre bom ouvir os conselhos de séniors ;)
Sem imagem de perfil

De Laura a 18.08.2015 às 00:55

Sempre às ordens :)
Acampar faz muito bem à alma e apesar de não ser sénior de idade nem de campismo, tenho alguns anos a "virar frangos". Dos 21 anos de idade, 17 são de campismo.

Segundo a minha mãe os 4 anos de idade é ideal para a introdução dos pequenitos ao campismo :)
Imagem de perfil

De Happy & Healthy a 20.08.2015 às 23:14

Eeeeh láaa, isso é muita coisa. És sénior, sim senhora! :p Faz bem à alma e à saúde. É uma atividade dinâmica que nos faz contactar com a natureza e com a nossa essência. Por isso mesmo pretendo repetir. Obrigada pela partilha :))
Imagem de perfil

De Vanessa a 21.08.2015 às 09:19

Estas dicas valeram ouro!
Aposto que este fim-de-semana vou ser comida viva pelos mosquitos.
Imagem de perfil

De Happy & Healthy a 27.08.2015 às 11:51

Não vais nada. Há confiança! ;P
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 18.08.2015 às 09:00


Boas dicas. Teve azar com a semana, pois o tempo tem-se portado tão bem, e a semana passada foi mesmo aborrecida.

Já fiz campismo há anos, e gostei, mas com o passar da idade, acomodei-me. A última vez que fiz, foi no Gerês, numa propriedade privada, gostei mas foi um suplício para dormir.
Sinais do tempo e do comodismo a que me habitue.
Mas se tiver de dormir ao relento, ok, só que preciso de bons colchões.
Beijinho
Imagem de perfil

De Happy & Healthy a 20.08.2015 às 23:17

Um bom colchão é de facto essencial para quem se queixa das costas. Mas faz falta sairmos da nossa zona de conforto de vez em quando, em todas as idades. Fica a dica. :)
Mas ainda bem que já conhece o Gerês, é realmente um sítio incrível.
Imagem de perfil

De Vanessa a 20.08.2015 às 14:30

Vim ler o teu post de propósito só para ver as dicas
Vou acampar este fim-de-semana, mas vou para o Algarve. Dão assim uma revirada no tempo, por isso acho que tenho de ir super prevenida
Imagem de perfil

De Happy & Healthy a 20.08.2015 às 23:19

No Algarve será menos provável teres surpresas destas. E com o mar ao lado, tem outro sabor! Aproveita! (Ah e se procuras conselhos, há uma expert pelos comentários ;P)
E o conselho mais importante: Have fun!!
Sem imagem de perfil

De Rita Teixeira a 26.08.2015 às 01:14

Aii, eu adoro acampar! Quem me dera poder acampar no Gerês! Já estive em Vila Nova de Mil Fontes e em São Martinho do Porto com a família e na Galé, no Alentejo com os amigos num encontro nacional :b

http://imthefifthelement.blogspot.pt/
Imagem de perfil

De Happy & Healthy a 27.08.2015 às 11:52

O sul e a praia já estão, agora tens que ir para o norte montanhoso. É para a próxima! :)

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Follow

Instagram