Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Estudar medicina tem destas coisas...

por Happy & Healthy, em 17.04.15

Estudar medicina, tem destas coisas. De cadeira em cadeira, há sempre dilemas éticos que se levantam. A medicina leva-nos a questionar entre o preto e o branco, a caminhar sobre a linha cinzenta.

 

Falo-vos nisso porque, esta semana, tive uma reunião com um médico psiquiatra, sobre comunicação clínica. É uma área que estou a achar extremamente interessante, que nos ensina que, como médicos, teremos que colocar as necessidades do doente antes das nossas e, acima de tudo, compreendê-las, no seu contexto. E, apesar de ser algo necessário, acreditem que na prática, pode ser extremamente duro. 

 

Enquanto discutíamos o caso de uma adolescente que queria engravidar, acabou por partilhar uma situação que havia vivenciado. Disse-nos que no Brasil chegou a trabalhar numa consultório ambulante, prestando um serviço mais perto da comunidade, nomeadamente a grupos de risco. Havia, então, estes miúdos, com idades entre os 8 e os 9 anos que viviam na rua, prostituindo-se. Óbvio que tinham obrigação de reportar às autoridades, mas era sabido que os meninos eram recolhidos em instituições, até fugirem e voltarem à rua. Um ciclo que não se quebrava. Sabiam também que mal saíssem dali, eles retornariam às atividades sexuais remuneradas. E a questão que se levantava era: deviam ou não dar preservativos às crianças?

 

Sim, eu sabia que estas situações existiam, mas... mas... mas! Quando questões destas se impõem, só consigo pensar que há algo de muito errado neste mundo! E de quem é a culpa?

 

http://www.webquestfacil.com.br/pastas/4248/Pirulito.jpg

 

 

O blog no: FACEBOOKINSTAGRAM | BLOGLOVIN

Autoria e outros dados (tags, etc)


6 comentários

Imagem de perfil

De Maria Araújo a 17.04.2015 às 22:20


Prestar serviços perto da comunidade, muito interessante e que, opinião minha, deveria ser feito no nosso país, também.
Há tantas famílias desestruturadas, crianças e adolescentes que precisam de orientação e que as escolas, por mais que queiram ajudar, não conseguem suportar.
Lamentável o que se passa com as crianças e a prostituição, e a questão dos preservativos, dificilmente tem resposta, penso eu.
Bom fim de semana.
Imagem de perfil

De Happy & Healthy a 18.04.2015 às 09:40

Concordo plenamente consigo. Há tantas pessoas credenciadas, sem trabalho, que facilmente se formariam equipas adequadas, com apoio médico, para este fim. Mas quando não se quer saber, ninguém faz.
Obrigada por mais uma visita ;) Bom fim-de-semana!
Sem imagem de perfil

De Rita Madeira a 17.04.2015 às 22:56

O tema é pertinente, apesar de ser uma área de estudo diferente da minha em muita coisa há similaridades. São assuntos delicados e realmente tens razão, deixa-nos a pensar que existe mesmo algo de errado neste mundo, e quem culpar por isso não é assim tão preto no branco ._.

Gostei muito do teu blog! Beijinhos Rita :)
Imagem de perfil

De Happy & Healthy a 18.04.2015 às 09:41

É tão triste! Fiquei realmente triste.
Muito obrigada! ;)
Imagem de perfil

De Sou Toda Amor a 19.04.2015 às 07:14

Apesar de saber que essas realidades existem, fico sempre chocada!
Pobres crianças...
E a tua pergunta é daquelas que se pode dizer que "não têm resposta"... porque a resposta, já se sabe, não leva a nada. Tudo continuará na mesma.
Imagem de perfil

De Happy & Healthy a 19.04.2015 às 09:27

Questionei-me também por que apesar de estarem longe sinto-me responsável. A culpa é de todos nós. Mas ao mesmo tempo, não sei o que poderíamos fazer. É tão frustante.
Obrigada pela visita*

http://happyandhealthy.blogs.sapo.pt/

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Follow

Instagram