Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Happy & Healthy

Happy & Healthy

Dizem que depois da tempestade vem a bonança, mas por vezes, vem simplesmente outra tempestade. E entre um bote e o outro, surge a dúvida constante, entre a tentativa aflitiva de nos mantermos à tona, e a rendição à falta de forças para prosseguir na luta, ao afundamento propriamente dito, que tanto é fonte de tranquilidade como de frustração.

 

No dilúvio constante que têm sido os últimos dias, vi neste shortcake de abóbora barrado com creme de queijo magro, uma bóia de salvação, um barco de abrigo. Por vezes, mesmo quando o escuro persiste, está presente uma leve luz de presença, e esta receita traz esse conforto de lareira acesa num dia chuvoso. Quentinho, mas com um top de frescura, acompanhado de um latté morno, é sem dúvida um incentivo extra para lutar contra à maré.

 

Aconselho-vos vivamente a experimentarem esta alternativa saudável, porque este inverno promete e nada melhor para moderar os ataques incontroláveis de fome emocional, que uma receita saciante e equilibrada.

 

 

DSC_0231.JPG

  

DSC_0234.JPG

 

DSC_0193.JPG

 

Ingredientes:

  • ½ chávena de farinha com fermento;
  • ½ chávena de farinha integral;
  • 1 colher (de sopa) de linhaça;
  • 2 chávenas de puré de abóbora;
  • 4 colheres (de sopa) de leite;
  • 6 colheres (de sopa) de azeite;
  • 2 colheres de essência de baunilha;
  • 1 ovo;
  • 1 colher (de sopa) de mistura de especiarias (coentros, orégãos, canela, erva-doce);
  • 1 pitada de sal.

 

Preparação:

Num recipiente, junte a farinha, a linhaça e as especiarias.

Posteriomente, adicione a abóbora, o leite, o azeite, a baunilha e ovo. Misture bem até obter uma massa homogénea.

Leve ao forno, num tabuleiro forrado com papel vegetal, a 200ºC, por cerca de 30 minutos ou até estar cozido. Retire, corte em fatias e barre com creme de queijo fresco magro. Coma quentinho com uma bebida morna, leve para um snack prático, ou leve ao frigorífico e sirva frio. É uma receita bastante versátil, vale a pena ter sempre à mão para saltar opções menos aconselháveis este inverno. Fica a sugestão ;)

 

Hoje disse adeus ao verão, assim que caiu a primeira gota. As aulas estão aí a chegar, e já nem a última semana de férias é sagrada. Para consolar este meu desconsolo, aconcheguei-me em bolachas integrais de abóbora, feitas com a primeira da estação, colhida diretamente do quintal. Que delícia. Fi-la acompanhar de uma chávena de cevada morna, este vento estava a pedi-las.

 

DSC_0075.JPG

  

DSC_0124.JPG

  

DSC_0141.JPG

 Ingredientes:

  • 1 chávena de farinha com fermento;
  • 1 chávena de farinha integral;
  • 1 chávena de puré de abóbora
  • 1 ovo;
  • 1 colher (de chá) de fermento;
  • 1 colher (de sopa) de canela;
  • 1 colher (de chá) de orégãos;
  • 1/3 chávena de azeite;
  • 1 colher (de sopa) de mel (opcional)
  • 1 colher (de sopa) de essência de baunilha
  • 1 colher (de sopa) de linhaça

 

Preparação:

Num recipiente, junte a farinha, o fermento, a canela, as especiarias e a linhaça.

Posteriormente, adicione o puré de abóbora, o ovo, o azeite, o mel e a baunilha. Amasse bem até obter uma massa homogénea.

Num tabuleiro forrado a papel vegetal, disponha pedaços de massa idênticos, tentando moldar a forma de bolacha.

Leve ao forno a 180ºC durante 20 minutos ou até ficarem douradas.

Junte uma peça de fruta e tem um snack prático e saudável.

 

 


Salada de Setembro

por Happy & Healthy, em 05.09.15

Enquanto houver calor, há saladas cá em casa. São muito práticas de conceber e altamente nutritivas. Para mim, fazer saladas é um jogo divertido de experiências, de sabores, texturas e cores vibrantes, do qual resulta uma alimentação variadíssima.

 

Desta vez, não houve que enganar. O bacalhão apoderara-se do estrelato, mas a vontade era de framboesas. Para ensopar no molho vitamínico, feito de um fio de azeite e gotas de limão, elegi um pão de centeio rústico à boa moda da família. O jantar foi assim, leve e fresco, não houve que enganar. ;)

 

11911016_1164156906947300_567366193_n.jpg

 

  

11910944_1164162753613382_29093612_n.jpg

 

 

Selecionei para a salada, alface, tomate, cenoura, cebola roxa, pimentos verdes, bacalhau desfiado, azeitonas fatiadas, tiras de maçã com casca vermelha e, por último, polvilhei com framboesas.
Reguei com azeite e umas gotas de sumo de limão, nunca adiciono sal a receitas com bacalhau. Serve-se com pão fresquinho, às tiras. E voilà.

 


Trufas de frutos secos

por Happy & Healthy, em 30.08.15

trufas1.jpg

   

trufas2.jpg

 

 

Este é um snack super fácil de confecionar e prático para levar para todo o lado - para a faculdade, trabalho, praia ou mesmo para um passeio. Pode-se juntar uma peça de fruta ou um iogurte, resultando assim num lanche saboroso e nutritivo. Vamos a isso?

 

Ingredientes:

1 chávena de cajus neutros, nozes e amêndoas, demolhados 6 horas, no mínimo;

1 cenoura ralada;

3 colher (de sopa) de flocos de aveia

2 colheres (de sopa) de mel - opcional;

1 colher (de sopa) de linhaça em pó;

1 colher (de sopa) de canela;

Sementes de sésamo;

Raspa de limão a gosto;

Côco ralado ou raspas de chocolate negro para polvilhar.

  

Preparação:

  1. Picar os frutos secos, mantendo a textura;
  2. Juntar a cenoura ralada, os flocos, o mel, a linhaça, a canela e a raspa de limão. Misturar tudo até obter uma massa homogénea.
  3. Moldar pequenas bolas;
  4. Polvilhar com as sementes, côco ralado ou chocolate negro;
  5. Reservar à temperatura ambiente ou no frigorífico até à hora de servir.

 

 

 


Boom de antioxidantes

por Happy & Healthy, em 26.08.15

Sempre que ouço a palavra antioxidantes, vem-me à cabeça o vermelho. Vermelho escuro de romã, vermelho vivo de morangos e rosado de frutos do bosque (provavelmente devido à forte publicidade associada a sumos pouco saudáveis).

 

Apesar desta palavra da moda nos chegar, geralmente, na forma de anúncios pouco recomendados, queria-vos transmitir que os seus benefícios são bem reais.

 

Os antioxidantes são capazes de neutralizar radicais livres, partículas instáveis que se formam no organismo, contribuindo para o processo de envelhecimento. Por outro lado, determinados fatores como uma alimentação inadequada, doenças infeciosas ou um ambiente poluído podem fazer aumentar a concentração de radicais livres. Desta forma, incluir antioxidantes na dieta contribui para atrasar o processo de envelhecimento, assim como para prevenir algumas doenças (patologias coronárias e vasculares, cancerígenas, neurodegenerativas, demências, etc).

  

Entre os antioxidantes conhecidos cito o selénio, as vitaminas A e C, o betacaroteno, coenzima-Q10, curcumina, zinco, polifenóis, flavenóides, resveratrol, melatonina, etc., que podem ser encontrados em alimentos tão comuns como vegetais (aipo, abóbora, cebola, alho, alcachofra, alface, beterraba, cenoura, feijão verde, pimento,...), fruta (ananás, banana, uvas, melancia, frutos vermelhos, pêra, maçã, laranja e limão,...), frutos secos (noz, amêndoa, amendoim, pinhão,...), cereias (aveia, trigo,...) e algumas leguminosas (ervilhas, lentilhas,...).

 

Portanto, uma alimentação variada, rica em legumes e frutas, é uma excelente fonte de antioxidantes.

 

Se depois de tudo isto ficaram com vontade de um boom de neutralizantes de radicais livres, aqui fica a receita de um smoothie saboroso e cheio de cor. Excelente para o pequeno-almoço, snack ou mesmo para uma refeição pré-treino.

 

smothie2.jpg

  

 Ingredientes:

  • 1 chávena de framboesas congeladas,
  • 1/2 chávena de beterraba ralada,
  • 1 colher de sopa de linhaça,
  • 1 colher de sopa de sementes de chia,
  • 1 iogurte natural magro (ou de soja),
  • 1 colher de chá de essência de baunilha,
  • 1 pitada de canela.

 

Preparação: Bater tudo no liquidificador e voilà. Super simples. ;)

 


Uma barriga lisa e três panquecas de beterraba

por Happy & Healthy, em 30.07.15

Há acontecimentos na vida de uma mulher que nunca passam despercebidos ao mau humor matinal. Um deles é, sem dúvida, acordar com a barriga lisa, é ou não é? Hoje foi, para mim, um desses dias soalheiros e, claro, tinha que comemorar.

 

Elegi então três deliciosas panquecas de beterraba que, embora nunca tivesse provado, estavam no topo da minha lista para novas experiências, e devo dizer que estiveram à altura do acontecimento (aquela cor rosa deixa-me maravilhada). Fi-las acompanhar de iogurte magro misturado com 1/2 banana esmagada, polvilhando por fim com sementes. Esta manhã mereceu! :)

  

 

 

 

 

 

 

Ingredientes

  • 1/2 beterraba média em puré
  • 1 chávena de leite magro (ou bebida de aveia)
  • 1 ovo
  • 1/2 chávena de farinha
  • 1/2 chávena de farinha integral
  • 1/2 banana esmagada
  • 1 colher de sopa de mel (opcional)
  • 1 colher de sopa de canela
  • Sal a gosto

 

Preparação

  • Cozer a beterraba no lume ou no forno até ficar macia. Reduzir a puré.
  • Juntar todos os ingredientes e até obter uma massa homogénea
  • Use uma frigideira anti-aderente ou o forno para obter as panquecas finais, evitando o uso de gorduras na sua confeção.

 

Já sabem que adoro panquecas saudáveis ao pequeno-almoço. E vocês, também comemoram estas pequenas vitórias? ;)

 

 

Segue-me também aqui: FACEBOOKINSTAGRAM | BLOGLOVIN

Olá, olá. Hoje no Dias Saudáveis falámos sobre ser ou não adepto de cozinha vegetariana. Como já disse por aqui, faço algumas vezes pratos vegetarianos, embora não integralmente. Mas faço porque gosto de novos sabores e de aproveitar alguns dos seus benefícios, mesmo que pontualmente.

 

Hoje, para o jantar, escolhi uns deliciosos hambúrgueres de feijão e aveia, super práticos, permitindo ainda congelar para outras refeições. Acompanhei-os de uma colorida salada de vegetais, regada por frutos secos, azeite e sumo de limão.

  

O feijão é um elemento importante na cozinha vegetariana, devido ao seu elevado teor de proteína e fibra, sendo uma mais valia para quem sofre de prisão de ventre. Além do mais, ganha por ser pouco calórico (100 kcal/100g) e por possuir fitoquímicos que lhe proporcionam atividade anti-cancerígena. Assim, as leguminosas, como o feijão, devem fazer parte da alimentação diária, mesmo para os não vegetarianos. Fica a sugestão para usufruirem destas propriedades. ;)

  

11793231_1151948371501487_2084748412_n.jpg

 

11816041_904198949640035_825880269_n.jpg

 

Ingredientes:

 

- 2 chávenas de feijão cozido;

- 1 Pimento;

- Especiarias q.b. - pimentão doce, caril, coentros, açafrão, oregãos, gengibre, pimenta branca;

- 1 cebola picada;

- 2 dentes de alho picados;

- Flocos de aveia q.b.;

- Pão ralado q.b.;

- Sal q.b.

- Azeite q.b.

 

 

Preparação:

 

- Refogar o pimento, a cebola e o alho, num fio de azeite;

- Quando alourarem, juntar o feijão e as especiarias. Deixar que o feijão absorva o sabor dos condimentos;

- Retirar o preparado do lume e passar com a varinha mágica até formar uma pasta (pode-se optar por não passar bem, de modo a dar alguma textura);

- Na mão, juntar um pouco de feijão com flocos de aveia, de modo a aumentar a consistência;

- Polvilhar com pão ralado, formando um hamburguer;

- Levar a uma frigideira anti-aderente, ou ao forno a 175ºC, virando de lado a meio do tempo.

 

  

O blog no: FACEBOOKINSTAGRAM | BLOGLOVIN

 

Sabem aqueles dias em que o despertador toca, bem mais cedo do que devia, levantamo-nos da cama e tropeçamos no dedo grande do pé? Depois vamos comer cereais e reparamos que o leite acabou. Ficamos chateados e tal, mas lá pegamos no pão de há três dias que está no fundo do armário e, quando o levamos à boca, eis que trincamos a língua. Como se tudo isto não bastasse, está um trânsito caótico, não há lugar para estacionar e o trabalho corre mal. Sabem do que falo? Estão a ver? Pois bem, é oficial: Hoje é um desses dias.

  

Como tal, tomei a decisão mais ajuizada que alguém no meu ideal imaginário devia tomar SEMPRE que tal acontece: fiquei em casa. E fiquei para ficar. Porém, como essa sensata atitude não basta para me fazer esquecer o mau humor inevitável perante tais acontecimentos, tive certamente que me reconfortar com uma taça de gelado caseiro (saudável, obviamente, não vá ficar ainda mais deprimida por me ter permitido uns furos extra de celulite). Devo dizer-vos que o reconforto foi um sucesso e por isso, decidi partilhar convosco esta receita. Garantidamente um elixir para amores de verão falhados, exames chumbados, ou deceções com a vida em geral... ;)

   

 

One-Ingredient Banana Ice Cream

  

 

One-Ingredient Banana Ice Cream

 

 

 

Ingredientes: 1 banana, gotas de limão, leite/bebida vegetal (opcional), toppings à escolha.

 

Preparação:

  1. Cortar a banana às fatias e colocar num tupperware em vácuo no congelador (2 horas serve, mas durante a noite fica melhor);
  2. Uniformizar a banana num processador potente até obter uma massa cremosa, juntando umas gotinhas de limão (se necessário adicionar também leite ou bebida vegetal);
  3. Juntar toppings à escolha (eu escolhi chocolate negro e pedaços de noz);
  4. Comer de imediato ou levar novamente ao congelador (min: 1 hora) para obter maior consistência.

  

 

Créditos de imagem | Simple Vegan Blog

 

 

O blog no: FACEBOOKINSTAGRAM | BLOGLOVIN


7 snacks saudáveis para deliciar os miúdos!

por Happy & Healthy, em 07.06.15

Hoje armei-me em Blonde Salad das marmitas, numa versão bem mais amadora, admito. Mas diverti-me imenso com todas estas cores. Além disso, foi por um ótimo motivo: quis sugerir-vos alguns snacks saudáveis para os miúdos. Já sabem que na escola, as sandes de queijo estão escondidas por detrás dos croissants com ovo, e ninguém as vê. 

 
É sempre melhor assegurar algumas soluções práticas, coloridas e saudáveis, além de sair bem mais em conta. Podem preparar de véspera e, assim, proporcionam aos mais pequenos snacks equilibrados, com todos os nutrientes de que necessitam. ;)

 

 

1. Snack Tradicional

 

leite.png

1 pacote de leite meio gordo simples, 1 ou 2 fatias de pão de centeio com 1 colher de chá rasa de creme vegetal (alterne o tipo de pão, dentro de variedades escuras - pão de aveia, alfarroba, beterraba, por exemplo), 1 maçã.

  

 

 

2. Batido de morango e tostas integrais

 

batido.pngBatido de morango (50gr de morangos e 200 ml de leite meio-gordo simples, que pode alternar com bebida vegetal), 2 tostas integrais.

 

 

 

3. Iogurte, muesli e cerejas

 

iogurte.png1 iogurte sólido meio-gordo, 1 punhado de muesli caseiro, 1 punhado de cerejas.

 

 

 

4. Palitos de cenoura e pepino com molho de iogurte

 

pepino.png

1 cenoura e 1/4 de pepino cortados em juliana, molho de iogurte (1 iogurte magro, gotas de limão, 1 colher de chá de mistura de ervas picadas (coentros, salsa, cebolinho, etc.), 1 fatia de pão escuro de sementes, que pode cortar em tiras para mergulhar no iogurte, também.

 

 

 

5. Gelatina, pão de centeio com fiambre de aves e pêssego

 

gelatina+pessego.png

1 gelatina sem açúcar, 1 pão de centeio e 1 fatia de fiambre de aves, 1 pêssego lavado.

 

 

 

6. Salada de fruta com queijo fresco batido

 

salada.png

Pedaços de fruta (banana, morangos, maçã, pera, ananás, uva,...), com 1 queijo fresco batido. Em alternativa, pode usar 1 iogurte.

 

 

 

7. Chá, fatia de bolo caseiro e morangos

 

bolo caseiro.png

Se em dias especiais quer abrir uma exceção, aqui tem um exemplo light de como fazê-lo:
1 fatia de bolo caseiro sem recheio (cerca de 200 g), chá de ervas caseiro sem açúcar, morangos aos pedaços.

  

 

O blog no: FACEBOOKINSTAGRAM | BLOGLOVIN


 


 

 

 


Vegetarianism4Kids

por Happy & Healthy, em 03.06.15

As opiniões dos profissionais de saúde dividem-se: há quem concorde e quem se oponha a uma alimentação vegetariana na infância. Mas numa coisa são unânimes: as crianças que adotarem este regime devem ser acompanhadas por um profissional especializado, capaz de garantir que não há défices nutritivos, comuns nestas dietas restritivas. A preocupação prende-se particularmente a nível de vitaminas do complexo B, nomeadamente a B12, ferro, cálcio, zinco e alguns aminoácidos. Por sua vez, o veganismo pode-se revelar excessivamente restrito.

 

Não vou defender, ou atacar o vegetarianismo na infância, apesar de ter a minha opinião pessoal e profissional. Devo apenas ressalvar que os pais não devem optar de ânimo leve, pois uma criança não é um adulto em ponto pequeno, possuindo as suas próprias necessidades. E, dado que desta decisão podem advir vantagens ou desvantagens para o futuro da criança que são ainda imensuráveis, há sempre um risco latente.

 

Contudo, penso que algumas práticas vegetarianas são bastante benéficas e, aqui sim vou-me expressar: na minha opinião, todos os mais novos poderiam benefíciar ao incluir alguns pratos e alimentos, mais próprios deste regime, na sua alimentação.

 

Para apresentar os seus mais pequenos ao vegetarianismo, aqui ficam 4 pratos saudáveis e divertidos. Eles vão adorar!

 

 

1. Barquinhos de Courgette

 

 

Mom's special dinner... Delicious!

Uma foto publicada por Happy & Healthy (@happyandhealthyclub) a

Ingredientes (2 pessoas): 1 courgette, 1 cebola, 2 dentes de alho, 1/2 pimento vermelho, cogumelos laminados, 1 tomate, 1 chávena (café) de quinoa, mozarella light, azeite q.b., sal, pimenta, coentros, oregãos e salsa a gosto.

Preparação:

  1. Num tacho, junte os legumes, o interior da courgette cortado em pequenos cubos e a quinoa, deixando cozinhar. Tempere a gosto e reserve.
  2. Lava o exterior das metades da courgette e coza-as, tendo cuidado, para que não fiquem demasiado moles.
  3. Recheie as metades de courgette com o preparado de legumes, coloque-as num tabuleiro, tempere e polvilhe com um pouco de queijo e leve-as ao forno até gratinar.

  

 

2. Lentilhas à Bolonhesa

 

Penne with Tomato Lentil Sauce

Ingredientes: 3 chávenas de massa penne, 3/4 de chávena de lentilhas verdes secas,  1/4 de chávena de vinho, 3 tomates, 2 cenouras em cubos, 1 alho francês fatiado, 1 cebola picada, 2 dentes de alho,
salsa picada, louro, sal, pimenta, tomilho, oregãos e coentros q.b, azeite q.b.

Preparação:

  1. Leve ao lume, um tacho com a cebola, o alho, o alho francês 1 tomate, as cenouras, regue com um fio de azeite, junte os temperos e, se necessário, um pouco de água. Deixe cozinhar durante cerca de 10 minutos.
  2. Noutro recipiente, leve a lume as lentilhas, 2 tomates, 1/2 chávena de água e o vinho. Junte o louro, os orégãos e os coentros. Quando levantar fervura, baixe o lume e vá mexendo pontualmente. Deixe cozinhar durante cerca de 40 minutos.
  3. Ainda noutro tacho, cozinhe a massa em água, com uma pitada de sal e pimenta.
  4. Disponha no prato, as diferentes preparações por camada. Decore com salsa.

 

 

3. Espetadas de Legumes e Tofu

 

https://c4.staticflickr.com/8/7775/17847541522_05c533f562_o.jpg

Ingredientes: Pimento vermelho e verde, courgette, tomates cereja, cogumelos, tofu, 1 limão, cebola, alho, azeite, pimenta em pó, gengibre em pó, alecrim q.b.

Preparação: Corte os legumes em rodelas ou fatias de tamanho apropriado para a espetada. Corte o tofu em cubos. Prepare uma marinada com sumo de limão, raspa de limão, azeite, cebola, alho, gengibre, pimenta e alecrim. Deixe o tofu marinar por, pelo menos, 1 hora. Faça as espetadas, alternando os vegetais, os cogumentos e os cubos de tofu. Pincele as espetadas com marinada e grelhe-as em cada um dos lados. Regue com a marinada e sirva com rodelas de limão.

 

 

4. Puré de ervilhas e bróculos para bebés

 

Ingredientes: 1/2 batata doce, 50g, bróculos, 50g de ervilhas, 50gr de courgette fatiada, cebola pequena picada, 1 alho, azeite q.b.

Preparação: Coza os ingredientes e triture-os até obter uma pasta uniforme. Por fim, junte um fio de azeite e tempere suavemente.

 

 

O blog no: FACEBOOKINSTAGRAM | BLOGLOVIN

 

 

Créditos de imagem | 2. Canadian Living,
3. Food Porn, Vegan Style,
4. Annabel Karmel

Receita adaptada de | 2. Canadian Living

 

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D