Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Happy & Healthy

Happy & Healthy


Vegetais no Forno - 6 Regras de Ouro

por Happy & Healthy, em 28.03.15

Tenho andado sem apetite para vegetais. Normalmente faço uma sopa que como a todas as refeições, porque é uma forma prática, rápida e saborosa de integrar estes alimentos na minha dieta, pois uma sopa aconchega sempre o estômago. Muitas vezes à noite como só a sopa com a fruta.

 

Porém, andava já há algum tempo à procura de outras dicas para variar as formas de consumir vegetais, também para inserir novas variedades à minha alimentação. E eis que encontrei estas dicas de Allison Romain para assar vegetais. Já o tinha feito algumas vezes, contudo confesso que variavam muito os resultados, tanto ficavam deliciosos, como outras vezes corria mal a experiência. Se tem o mesmo problema, estas regras podem salvar-lhe o dia... ou por outra, o jantar!

 

vegetais.jpg

 

1 - Cortar com precisão

Cortar os vegetais em pedaços de tamanho semelhante é importante para que cozam uniformemente. Muitas vezes com a pressa saltamos este passo.

Contudo, há também vegetais que ficam muito bem assados inteiros - cenouras "bebés", por exemplo.

 

  

2 - Cuidado com a quantidade de azeite que adiciona

Os vegetais não têm as mesmas necessidade em termos de gordura, para a sua cozedura no forno. Vegetais mais porosos, nomeadamente cogumelos ou berinjela necessitam um pouco mais. Distribua cerca de 2 colheres de azeite para um tabuleiro, de forma uniforme, para obter vegetais ligeiramente brilhantes.

Pode também optar por regar com um pouco de sumo de limão ou de laranja, ao invés de azeite.

 

 

3 - Dê espaço aos vegetais!

Os vegetais precisam de espaço! Se estiverem muito sobrepostos, ao libertarem vapor de água, vão-se tornar moles, o que não queremos. Para vegetais mais estaladiços, devemos deixar um pouco de espaço entre os vegetais.

 

 

4 - Calor, muito calor

Para vegetais estaladiços, caramelizados e cozinhados por dentro, devem ser assados a uma temperatura elevada - 400-450 ºC, durante 35-45 minutos.

 

 

5 - Não se esqueça de os virar

Dê uma leve agitadela ao tabuleiro, ou vire os vegetais a meio do tempo. Não vamos querer distinguir os versos da moeda.

 

 
6 - O tempero é tudo.

Não se esqueça de usar e abusar de ervas aromáticas. Dão outro gosto aos vegetais, o que é muito importante para nos incentivar ao seu consumo, já que os vegetais devem representar uma percentagem importante da alimentação, devemos aprender não só a consumi-los, mas também a saboreá-los e a cozinhá-los de uma forma que nos agrade.

 

 

4 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D